Volte ao SPIN

SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

sexta-feira, 29 de março de 2013

Spinleaks




26/11/2005

Este e-mail esta sendo enviado para os artistas na pessoa de Edson Barrus
Com cópia para Bento XVI e para Lula, presidente do Brasil= rios amazonas,
tocantins, araguaia, balsas, vermelho, meia ponte, paranoá, etc.
Nesta carta, Bento XVI, spin papa=papisa, pertencente à raça humana, toma
ciência da presença de Jesus neste planeta.
E para Lula, a fim de que conserte leis que estão em desacordo com a INRI -
Instruções da Nova Realidade de Idéia

VIDEIA FORMA CONHECIMENTO


Idéia, o primeiro momento

Nesta noite dormin do sonhei=olhei=fui palavras emendadas
ideiaformaconhecimento

............................... fim de apresentação de Idéia............

Forma, o segundo momento

Ideiaformaconhecimento
Cimento
Fármaco


........................ fim da apresentação da forma.............


Conhecimento, o terceiro momento

Preciso tanto cair na real
Enraizado=real
E quando quero isso, adoto o triálogo idéia-forma-conhecimento
E ao escrever o trinônimo
às vezes troco o nome do personagem Idéia pela palavra "aviação"
E ai escrevi Idéia e ficou visão,
E ficou vida
E ficou um pedaço da palavra
Ai ficou videia
Videira
A seguir, o texto que escrevi antes do texto e que, por perceber ter sido
escrito sob estado de alucinação=irrealidade, detestei, quis deletar mas
que, no entanto, para que depois eu pense sobre tudo isso, sobre esta min ha
irrealidade, estou enviando

Artista nenhum pode ficar responsável pelo botão da bomba
H=atômica+hatômica, de atomos quebrados=divididos=olhados=sidos
Eles são aéreos==== tão distraídos
Sem raízes fincadas no chão
Me sinto assim
Sem matéria=realismo

Desligado mesmo

Às vezes desconfio que falta um parafuso na cabeça desta gente
Eles foram postos pelos médicos

O médico me receitou uma barra de sabão


Tomei banho e o livro desapareceu

Diante de um corpo escrito os médicos não enxergam nada, a não ser a
necessidade de apagar=limpar

Eles nunca são Narciso, spin deus, humano olhando o próprio rosto no
espelho=água

Os médicos destruíram o meu livro escrito no meu corpo=porco

Clarice Lispector me disse para fazer um vudu contra os médicos

Como se eu fosse não Idéia mas um vírus
Engraç ado...

Você ser visto não a partir do que você
Mas....

Em 1983 um médico me disse que eu iria morrer
dentro de 6 meses
Sem me submeter a qualquer exame clínico ele me disse que eu estaria com câncer
Naquele momento vi o seu tração de ódio
Ele pediu o meu corpo para pesquisar vírus e bactérias que, naqueles dias, havia
matado muita gente
Engraçado este lance de ver em você não o que você tem de mais profundo
Mas apenas a sua superfície
Apenas as bactérias=vírus que você carrega dentro de si
Saí do consultório e me recolhi
Ruptura
Rompi com o mundo
Escrevi um livro no meu corpo
Contei toda a história do mundo
Do princípio=fim ao fim=princípio
Afinal de contas ali não estava presente eu mas Idéia
O criador de todas as coisas
De tudo o que há e o que não há
A desinência verbal=n ominal pregada na cruz
A deiscência estelar na cruz
Idéia estava ali
Idéia, não um vírus
E Idéia foi revelado=revelada=olhada=sida
Ele escreveu no prontuário de Idéia "pesquisar CÂNCER"
Voltei ao consultório e, transformado em Idéia Sem Rosto, roubei o prontuário dele, tirei cópia e coloquei no mesmo lugar
E pensei em processar aquele monstro=médio- médico
Com o tempo esqueci do processo não tenho tempo para estas coisas só pra escrever ou olhar ou ser eu-se
Afinal de contas os julgadores seriam seus pares, ou seja, médicos
Ele pediu o corpo de Idéia para pesquisar um vírus
E tanto tempo já se passou!!!!!
E de lá para cá já escrevi tanto
Nem sei se o tal médico ainda é vivo
Até gostaria de saber
Quem sabe deva entende-lo=olha-lo=sê-lo?
Ela deve ter suas razões para tanta homofobia=medo
Não para pesquisar Idéia, o meu rosto=olho=ser
Quem sabe ele tenha escrito algum livro e neste livro ele se revele?

...................... FIM .......................
Saí para tomar água
Dançar...
Dancei e voltei
Deixa eu verifi car a minha caixa de e-mails

"Caro José Carlos,


Obrigado pelo seu contato.
Estaremos considerando sua opinião numa possível expansão de nossa família
de bonecos.

Abs,
Equipe Vudu.com.br"

(extraído de e-mail recebido em 21.11.2005)

Este email acima é uma resposta à minha sugestão
Sugeri a inclusão do médico na família de vudus


.................... FIM DA APRESENTAÇÃO....................

""Estava eu com essas elucubrações, porque me caiu nas mãos um livro
intitulado Nova Conversa (Ed. Ediouro), em que o autor Luís César Ebraico se
dispõe a relatar experiências sobre o poder da palavra em nossas vidas.
Conta centenas de casos, de conversas que ouviu no seu consultório de
psicanalista, onde utiliza a estratégia da loganálise. Ou seja, ele puxa
aquele filão que estava em Freud e Breuer, constatando que a fala é u m
sintoma. As pessoas precisam da palavra. Não apenas para se expressarem, se
entender ou se comunicar, mas precisam ouvir certas palavras, como a terra
necessita ser adubada. Por isto, uma de suas clientes chegou a dizer "Estou
com desejo de palavra", no sentido de que precisava ouvir da mãe uma certa
palavra, como se carecesse de um carinho físico ou de uma vitamina
determinada."

Affonso Romano de Sant'Anna
(jornal "Estado de Minas", 08/08/2004)

( extraído de e-mail recebido em 26/11/2005)


Já este e-mail é uma resposta a um e-mail enviado acidentalmente a um
psicólogo que está criando a loganálise. Achei interessante. Quem quiser
saber algo, o site eh www.loganalise.com

.............. fim da apresentação..................


"bom voltar a receber seus e-mails...

senti falta...< br />
tenho todos guardados...

abs

Fábio Tremonte"

( extraído do e-mail recebido em 26/11/2005 )


Já este e-mail é uma resposta do artista plástico Fábio Tremonte. Estou
enviando anexo a tela do e-mail acompanhado do e-mail em sua totalidade.

Volta e meia a minha terapeuta me pergunta o que as pessoas acham dos meus
e-mails

E nunca consigo responder

Sou tão truncado=fechado em se tratando de abrir a boca para falar algo!!!!

Se aki em goiânia tivessse, eu iria fazer loganalise

Tem no Rio de Janeiro

Este meu livro nunca acaba=começa=termina

Lendo alguma coisa na net sobre Clarice Lispector, vi que ela ao escrever um
de seus livros, acho que o primeiro, não conseguia terminar a obra. Vejo-me
na pele dela. Porque a gente nunca consegue terminar uma obra para começar
outra?

O meu livro eh assim
A primeira versão escrevi no corpo, por volta dos 12 anos de idade
Ninguém leu
Escrevi sobre o corpo, assim como agora
Escrevo
Escrevo
Escrevo
O livro era oculto
Ficava sob minhas roupas
Somente eu lia meu livro
Quando eu ficava despido diante do espelho
Ele durou até o dia em que consultei aquele médico bárbaro=maluco
Ele não teve olhos para ver o meu personagem=Idéia
E o livro se foi água abaixo
Todas as letras
Dias atrás sonhei com aquelas letras chegando aki em casa
As letras chegaram até a porta
Fiquei com medo
Fechei a porta
E o livro não pode entrar
E desapareceu novamente
No tempo=espaço

.......................


Às vezes me pergunto se sou um vírus ou uma pessoa
Não eu humano
Mas Idéia
Idéia eh tudo o que há e o que não
Esta matéria
O botão da bomba H
Sim....
Do que estou falando agora ?
Nem sei
To falando que sou aéreo
Não ficar responsável pela botão da bomba H
Conforme eu mesmo me percebo=constato sou tão aéreo!!!!
Ao apertar o botão da bomba H sem perceber
O mundo será destruído
Ontem a noite saí para ir a uma festa da Belvolks, spin promotora, pessoa
jurídica, no Parque Agropecuário
olhei a festa por cima e voltei
não quis gastar meus 20 reais
As vezes gasto de forma tão inútil
Como posso ser tão pão duro comigo mesmo?
Com algumas coisas e com outras não
Que critérios uso para gastar o meu dinheiro?
A festa estava uma delícia
Havia tantos homens bonitos na fila
Uma fila=bicha enorme de gatinhos
Porque escrevei fila=bicha, fila igual bicha?
Porque vai que lá em Portugal alguém ler este meu e-mail...
Claro que vai ficar sem entender se eu escrever somente "fila"
Por isso escrevi "fila" em português de Portugal
É qu e na gramática de Idéia tem uns sinais de ortografia que não existe
nesta gramática de vocês
E um destes sinais é o de igualdade
Tipo assim
Olhar=ser
E assim você pode ficar sabendo que a alemanha nazista era assim
1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=11=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=1=
Milhões de pessoas iguais=padronizadas entre si
Era a ditaduras dos médicos
Todos tinham que iguais a um
Todos iguais a ele
E este número 1 todos sabemos quem era
O nome dele era começado com H, aquele que governava a Alemanha
nazista=perfeccionista
E matou todos os diferentes
E estamos prestes a entrar num mundo assim
As coisas delicadas estão sendo destruídas
E nem percebem que quem sai perdendo com a destruição das coisas delicadas
não são as co isas delicadas mas nós mesmos
Os rios estão sendo destruídos
Daí a nova cartografia de idéia
Daí a nova INRI – Instruções da Nova Realidade de Idéia
Muitos nem acreditam que Idéia é Jesus
As Igrejas dizem "Jesus vai voltar!!!!!"
Mentira!!!!!!
Já voltou!!!!
Ele está aki no meio de nós
Só papa Bento XVI não sabe
Claro, ele foi contemporâneo-=amigo=aliado de H, o governante alemão
Um homofóbico
Tanto um como o outro são homofóbicos
Este e-mail será enviado para Bento XVI
Para que ele saiba que Jesus=Idéia=Buda está puxando as orelhas dele
Para ele caia na real
Para que ele cumpra as novas diretrizes
A nova INRI – Instruções para a Nova Realidade de Idéia

Nenhum comentário: